Guia de bolso para escritores iniciantes (Criação de capas para o seu Livro) #27

o-livro_3591_1024x768Como já comentado nesse guia, a capa do livro é uma das coisas principais para que sua obra veja vendida. Dentro do Marketing e da Publicidade, nós aprendemos muito que o ditado “não julgue um livro pela capa” não se aplica em nada, todos julgam um livro pela capa. Quantas vezes você já comprou um livro sem ao menos saber qual era a história que continha no livro? Se você, assim como eu já fez isso, você julgou um livro pela capa.

 A parte mais técnica de uma criação de uma capa tem muitos pontos a serem citados. Você precisa ter definido qual o público alvo que você quer atingir, isso vai influenciar no seu resultado final. Considerando que a maioria das pessoas seguiram o guia e já tem um público alvo em mente, vamos aos pontos a se considerar para criação de uma capa. Continuar lendo

Anúncios

[Resenha] Invisível | Nina Spim + Sorteio

Olá pessoas! Como estão?!

Para hoje temos a resenha do conto Invisível e um sorteio que está sendo realizado pela autora do livro, Nina Spim.  Enfim, o post de hoje está bem recheado, não?!

Desde já adianto que não sou médica, não faço psicologia ou nada relacionado à área da saúde. Muito pelo contrário, estou no ensino médio e faço Mecatrônica. Então, os dados que eu expor nesse e em outros posts foram\serão retirados de sites confiáveis e\ou são de profissionais formados na área. Se você achar que o texto possa conter algo que ative gatilhos, não leia, preserve sua saúde.



Título: Invisível

Autor(a): Nina Spim

Páginas: 12

Editora: Independente

Classificação: Design sem nome (1)

Sinopse: “Algumas flores não têm cor. Algumas mentes começam a esquecer do que sempre estiveram ao redor. 
A protagonista deste conto não se lembra de como tudo mudou e, tão debilitada, não sabe como amenizar os efeitos do que não sente. 
A depressão não escolhe um rosto. E o rosto, às vezes, se faz invisível.”



O conto Invisível narra um trecho da vida de uma garota que está passando pela depressão. Nele podemos ver a perspectiva de uma pessoa que já não sabe mais qual é o sentido da vida, que já deixou de viver e apenas existe. Pude entender melhor o que é estar em depressão. Continuar lendo

Filmes que abordam a depressão/ o suicídio

Oi gente! Bom, como vocês já sabem, esse mês o blog está com o projeto Setembro Amarelo, e por isso eu separei alguns filmes que abordam o tema do mesmo. Espero que gostem!

  • As Vantagens de Ser Invisível (2012)

Resultado de imagem Continuar lendo

[Tag] Quem Vê Cara Não Vê Coração

Olá pessoas! Como estão?!

Eu estava na escola, lendo um livro, e parei para analisar a capa dele e ver se tinha alguma relação com a história. Depois de uma looonga análise (hahahaha) eu vi que tinha um pouco de relação sim – mas a capa era muito feia!

Resolvi, então, criar uma tag sobre capas. Eu pesquisei na internet para saber se já existia alguma tag com esse nome e não encontrei nada – mas eu encontrei uma música da Paula Mattos e resolvi pegar algumas frases e adaptá-las na tag. Espero que gostem!!!

tag- quem vÊ cara não vê coração



Eu pensei que era amor, mas era só ilusão. (Um livro com a capa linda e uma história ruim)

Continuar lendo

[Top 5] Livros Que Falam Sobre Suicídio e Depressão

Olá pessoas! Como estão?!

Como vocês já sabem, estamos participando do Projeto Literário Setembro Amarelo – que visa conscientizar a sociedade a respeito da depressão e do suicídio. Por isso, separei uma lista com cinco livros que abordam os temas abertamente e nos fazem ver as coisas de outra maneira.

Desde já adianto que não sou médica, não faço psicologia ou nada relacionado à área da saúde. Muito pelo contrário, estou no ensino médio e faço Mecatrônica. Então, os dados que eu expor nesse e em outros posts foram\serão retirados de sites confiáveis e\ou são de profissionais formados na área. Se você achar que o texto possa conter algo que ative gatilhos, não leia, preserve sua saúde.


1.O Demônio do Meio-dia: uma Anatomia da Depressão | Andrew Solomon 

“O Demônio do Meio-Dia – Uma Anatomia da Depressão” continua sendo uma referência sobre a depressão, para leigos e especialistas. Com rara humanidade, sabedoria e erudição, o premiado autor Andrew Solomon convida o leitor a uma jornada sem precedentes pelos meandros de um dos temas mais espinhosos e complexos de nossos dias. Entremeando o relato de sua própria batalha contra a doença com o depoimento de vítimas da depressão e a opinião de especialistas, Solomon desconstrói mitos, explora questões éticas e morais, descreve as medicações disponíveis, a eficácia de tratamentos alternativos e o impacto que a depressão tem nas várias populações demográficas (sejam crianças, homossexuais ou os habitantes da Groenlândia). No epílogo inédito escrito exclusivamente para a nova edição brasileira, conhecemos o que aconteceu com Solomon, com os entrevistados e com os tratamentos da depressão desde a publicação de ‘O Demônio do Meio-dia’. A inteligência, a curiosidade e a empatia do autor nos permitem conhecer não só as doenças mentais, mas a profundidade da experiência humana. Uma obra monumental. Continuar lendo

[Resenha] Aika – A Canção dos Cinco | Lúcia Lemos

Olá pessoas! Como estão?!

Quero convidá-los para fazer uma viagem comigo. Prometo muita aventura, aprendizados para vida e grandes descobertas. Mas, para chegarmos lá, precisaremos de uma conchinha, de acreditar e, o mais importante, precisaremos do livro Aika – A Canção dos Cinco, da autora Lúcia Lemos.



livro aika - a canção dos cinco (aika saga #1)Título: Aika – A Canção dos Cinco

Autor(a): Lúcia Lemos

Editora: Independente

Páginas: 368

Classificação: Design sem nome

Sinopse: “Gattai é um mundo fantástico assolado por estranhas catástrofes naturais e uma interminável guerra entre as raças que o habitam. Em meio ao caos, surge um guerreiro com asas de Fênix destinado a trazer o equilíbrio entre a natureza e suas criaturas. Porém, ele foi amaldiçoado por um terrível demônio que devora sua alma. A única pessoa que pode salvá-lo não pertence à Gattai, e sim ao nosso mundo: Aika Akatsuki dos Anjos, uma estudante japonesa mestiça, nascida no Brasil e grande fã de histórias de magia e fantasia. A jovem que enfrenta diariamente a dura rotina de estudos e discriminação por sua ascendência vê sua vida transformada com a descoberta da existência de Gattai e de seu grande ídolo. E para salvá-lo, ela terá que enfrentar seus medos e atravessar um portal mágico, lutar contra terríveis criaturas – tudo isso sem ser reprovada no ensino médio. Aika voará em dragões, aprenderá o que é realmente uma guerra e lutará para salvar o herói não apenas de grandes inimigos, mas de si mesmo.”



Em Aika – A Canção dos Cinco , nós conhecemos Aika. Uma jovem que vive na cidade de Namimeido, no Japão e que é fã de mangás – principalmente os de Kurikara, seu personagem favorito. Aika é muito discriminada na cidade onde vive por ser mestiça – mãe japonesa e pai brasileiro – e também sofre muito bullying na escola por gostar de mangás. Continuar lendo

Resenha do Livro: Por Lugares Incríveis

Editora: Seguinte
Autor(a): Jennifer Niven
Título Original:  All the bright places
Páginas: 336

 

Sinopse: “Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, a garota se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família. Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.”

 

 

A História : 

O livro conta a história de Violet e Finch, dois jovens sufocados por seus traumas que enxergam na morte um remédio para a dor.  Eles se conhecem na torre do sino da escola, ambos com o mesmo objetivo –pular –mas sem a coragem para tanto. Quando Theodore salva Violet de um fim que ela bem no fundo não desejava, ambos começam a desenvolver uma relação única.

Violet, e sua irmã, Eleanor, eram como unha e carne. Elas tinham vidas perfeitas e escreviam juntas um site, que fazia um grande sucesso. Porém, tudo muda quando as duas sofrem um grave acidente de carro e Eleanor morre. Violet se sente culpada pelo ocorrido e  faz com que não veja mais tanta razão para viver.

Theodore, sua vida nunca foi fácil, tendo um pai extremamente abusivo e uma mãe que não se importava com ele ou com as irmãs. Para piorar, é vítima de bullying na escola, por ser considerado o esquisitão.Ele possui uma obsessão pela morte e um diário onde anota várias ideias sobre suicídio, compilando diversos dados e estatísticas de êxito.

 

 

Opinião: 

O que me encantou no livro é sua veracidade, a forma como a obra chocou meu coração e me levou aos prantos. Porém, a história reserva mais que isso. Existem momentos de reflexão, dor, entrega, diversão e paixão.

A leitura traz uma mensagem singular, na sua fluidez e delicadeza. Abre nossa mente para que possamos sentir o que muitos sentem. O suicídio entre adolescentes é algo real, por inúmeras razões, e tem que ser visto, sentido. Os sintomas estão lá e inúmeras vezes nada é feito por ninguém.

A capa é lindíssima,a diagramação é simples, as páginas são amareladas e o tamanho da fonte é médio. A revisão está impecável.

O livro é emocionante e merece ser conhecido por todos vocês. Com certeza recomendo a leitura.

 

 

Então é isso galerinha, boa leitura e beijinhos!