Modelo de Diagramação – Guia de bolso para escritores iniciantes

81A4z0cfS7L._SL1500_-59cea961d088c00011499ebdSe você está começando sua jornada como um escritor autônomo, você passará por muitos desafios. Você levará seu livro nas costas. isso significa que o trabalho de uma equipe toda de editores ficará por sua conta. Se assustou? Calma, estou aqui para te ajudar.

Sempre me uso como modelo, porque eu passei bastante dificuldade e apanhei para aprender muitas coisas essenciais sobre ser um autor autônomo, mas em particular, o que sempre me assombrou foi a diagramação. Para mim sempre pareceu um bicho de sete cabeças. Continuar lendo

Anúncios

A escrita se tornou um fardo?

writer-1421099Como um estudante de Marketing a mais de um ano e escritor, sei qual a importância do Marketing dentro de uma obra. Conversando com alguns amigos que também são escritores estávamos discutindo sobre escrever o assunto.

Quando escrevemos para nós mesmo, estamos primeiramente criando algo do nosso agrado, que vá nos trazer algum prazer em ler e só apenas posteriormente pensamos no público alvo.

Continuar lendo

Projeto novo # 1

O ano de 2018 chegou, e com ele vários projetos novos estão sendo executados, projetos esses que só tenho planejado por meses. Um dos projetos que finalmente começou a “sair do papel” ou adicionado ao papel é o Livro exclusivo que eu faria no Na No Wri Mo. Como eu tive alguns problemas, não consegui começar o projeto ano passado, mesmo assim estou iniciando ele no mês de janeiro.

# Wattpad: O Mistério da Ilha

capa wattpad book

Contando brevemente um pouco do enredo do livro, ele conta sobre Nina, uma garota órfã que foi abandonada pequena em um orfanato. A vida toda, Nina teve o orfanato como sua casa, seu lar. Mas ela não era feliz lá, por ela não ser muito alta, os internos cometiam muito Bullying com ela, e quase ninguém ia com a cara dela, o que dificultava a garota a ter amigos. Cansada de ser humilhada, Nina se juntou a alguns rebeldes para fugir da ilha que ela vivia. Continuar lendo

Dicas de Escrita #1 – Conheça Suas Limitações

coffee-2306471Para começar 2018 com o pé direito, nada melhor falarmos sobre algo que amamos, à escrita, o carro chefe da indústria literária. O Dicas de Escrita não vai se tratar de um artigo enorme e lotado de coisas, mas sim dicas simples, passadas do modo mais simples possível, mas que possa agregar algo de verdade a cada um de vocês leitores. Essas dicas apareceram uma ou duas vezes durantes a semana, e não seguirá uma ordem cronológica, conforme as ideias vierem brotando eu vou postando.

Continuar lendo

O Grande Problema dos Best Sellers

o-livro_3591_1024x768Após ver a minha caixa de inscrições do Youtube lotado de resenhas do novo livro do John Green, “Tartarugas até lá embaixo” eu resolvi ir ver algumas resenhas. Vi muitas pessoas argumentando coisas que realmente não fazem o menor sentido, e não tem nem a ver com o livro, mas sim com uma ideologia que ultimamente anda se espalhando entre as pessoas.

Pessoas dizendo que estavam temerosas de ler o livro e o livro não ser tão bom quanto A culpa e das estrelas, já que os livros posteriores do Best Sellers não havia chegado aos pés dele. Continuar lendo

Principais diferenças entre um Roteiro e um livro.

inspiration-2706594_1280Esses dias eu resolvi estudar um pouco sobre criação de roteiros para me aprimorar mais na escrita, e acabei notando que mesmo tendo uma linguagem parecida, são extremamente diferentes em vários aspectos.

Storyline

O roteiro ele tem uma linguagem voltada para o mundo do cinema, então essa diferença entre livros e roteiros é algo bem comum. Durantes as aulas, a primeira coisa que notei de diferente é a forma de construir um roteiro. Enquanto para se construir um bom livro, muitos autores passam meses construindo um roteiro, no roteiro é construído algo nomeado Storyline. Um resumo do roteiro em cinco linhas no máximo. Apesar apenas cinco linhas, criar um storyline é uma tarefa difícil e que dá um trabalho lascado. Continuar lendo

Show Vs Tell

checkmate-1511866_1920Se você já ouviu falar na técnica Show don’t Tell? É uma técnica que se baseia no narrador não dizer o que está ocorrendo, e sim ele mostrar. Muitos escritores adotaram esse modo de escrita para si, enquanto outros não.

Existe uma discussão muito antiga sobre essa técnica. Mostrar vs Contar. Como não existe uma linha que defini o certo do errado na escrita, então provavelmente esta discussão ocorrerá enquanto o mundo for mundo ou até a evolução mental do ser humano.

Eu não apoio a perca de tempo em discussões, mas é sempre interessante analisar a situação de uma forma mais neutra. Continuar lendo