[Resenha] Pietra | Beatriz de Castro

Olá pessoas! Como estão?! Espero que bem! Para a última resenha do dia eu separei o livro “Pietra”, da autora Beatriz de Castro. Recebi o livro em parceria com a autora e não sabia que a história iria ser tão marcante pra mim.



Pietra_capa_impressa_frente_LúciaLemos.jpgTítulo: Pietra

Autor(a): Beatriz de Castro

Editora: Independente

Páginas: 164

Classificação: design-sem-nome-e1501089333717.png

Sinopse: ” Em um mundo varrido pela destruição tanto da natureza quanto das riquezas, cada família precisa enviar um homem para longe de sua vila para trabalhar no Centro de Estado de forma que possam receber alimentação. Tudo se passava tranquilamente para a família Lavoix, porém um estranho acidente faz com que o pai de nossa protagonista morra. Os homens da fábrica trazem o corpo de seu pai e Pietra não vê esperanças em seu futuro: seu irmão, único outro homem da família, tem apenas oito anos e sofre de sérios problemas de saúde. Sabendo da situação em que se encontra as famílias que perdem o seu provedor e não querendo o mesmo futuro para sua mãe e irmão, Pietra não vê nenhuma outra solução a não ser assumir a identidade de Petrus Lavoix e ir para Londinium trabalhar e evitar que os seus entes queridos morram de fome. Entretanto, seus problemas não terminam por aí. Sem a preparação adequada, com o corpo fraco e a alimentação pobre, Pietra tem grande dificuldade de viver na fábrica, além de ter que esconder o tempo todo quem ela realmente é. Momentos embaraçosos e ameaças constantes fazem com que a garota, ou melhor dizendo, garoto sofra a todo instante. Para sua sorte, no entanto, ela não está sozinha, Killian, outro morador que veio do seu vilarejo natal também foi para Londinium. Conhecedor dos seus segredos e com uma personalidade arrogante, mas prestativo, o jovem será de grande auxílio para que Pietra não enlouqueça. Se não fosse o suficiente se manter viva e encoberta, Pietra descobre que há muito mais por trás da realidade da fábrica e faz o que pode para resolver esse mistério.”



Pietra é uma jovem que vive em um mundo destruído pela poluição, as folhas, flores e árvores não são coloridas como conhecemos, mas sim cinzas ou amareladas. O ar é tão poluído que aqueles que sobrevivem muitas vezes acabam adquirindo doenças respiratórias, como Nathaniel, irmão da protagonista.

Pietra mora com sua mãe e seu irmão, seu pai trabalha em Londinium, em uma fábrica de peças, assim como todos os outros homens que atingem a idade permitida, eles são denominados como Provedores.

Apesar de viver na miséria Pietra ainda tem esperanças de, um dia, viver em um mundo melhor. Sua avó é a principal responsável por manter viva a esperança da neta. Dona Frida é um senhorinha super simpática e cheia de ótimos conselhos e frases motivacionais – eu até anotei minhas preferidas rsrsrsrs.

Duas vezes por semana um caminhão vem de Londinium trazendo alimento, mas o mesmo não é distribuído igualitariamente, as famílias recebem um tanto de comida que condiz com o tanto de pecas que o operário fez, então, se produzir muito sua família tem comida para as duas semanas seguintes, senão eles passam fome.

Tudo  muda drasticamente quando Pietra e sua família recebem o corpo de seu pai, sem ele quem seria o provedor da casa? Nathaniel é muito novo a única saída é Pietra se fingir de homem (cujo nome é Petrus) e ir para Londinium trabalhar e sustentar sua família e é agora que a história realmente começa!

Pietra acaba abandonando seus longos cabelos e indo trabalhar na fábrica de peças, a protagonista não está sozinha Killian, um jovem, de sua vila e que sabe que Petrus é na verdade Pietra e resolve ajudá-la.

Dentro da fábrica Pietra vai fazer de tudo para melhorar a vida de sua família e vai acabar percebendo que existem grandes mistérios naquele local. A personagem tem um grande coração e vai acabar ajudando as mulheres que aparecem na cerca da fábrica toda sexta-feira para trabalharem como garotas de programa e vai acabar descobrindo grandes coisas com a ajuda delas.

Bem, esse livro me conquistou de cara, li ele em duas horas e eme encantei. A protagonista é uma pessoa forte, determinada e tem um grande coração, está sempre preocupada e querendo ajudar os outros.

Na época em que a história se passa as mulheres servem apenas para procriar, cuidar da casa e dos filhos, não trabalham com mais nada além disso. Os pobres devem andar de cabeça baixa mostrando submissão aos mais afortunados e a natureza está totalmente destruída.

A leitura é fluida e leve, a autora trabalha temas como feminismo, preservação da natureza, empoderamento feminino e empatia. O livro se alterna entre acontecimentos antes e depois da entrada de Pietra na fábrica e nos faz refletir muito sobre nossas atitudes, se nós continuarmos a negligenciar nosso planeta creio que teremos um fim parecido com a história de Pietra.

O livro é o primeiro volume da Trilogia Sobrevivência e eu recomendo muito a leitura para quem gosta de distopias e aventura. O exemplar digital está disponível na Amazon, para saber mais basta clicar aqui.

 

Anúncios

2 comentários sobre “[Resenha] Pietra | Beatriz de Castro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s