[Resenha] Elle – música, amor e amizade

Olá amores, a resenha da semana é do livro “Elle- música, amor e amizade” da Aretha V Guedes e já adianto que é maravilhoso.

Elle é o primeiro livro físico que eu tenho e resenho. Ok isso ficou confuso.
Lembro que me dei esse livro de presente de aniversário…sabe foi o melhor presente que eu poderia ter comprado. Eu não conhecia a escrita da Aretha, nem nada, mas eu li as sinopses dos livros da trilogia e despertou minha curiosidade. Então comprei e guardei por um tempo, finalmente li e fiquei de boca aberta como o livro é bom. MUITO BOM!
A história é toda narrada pela personagem principal, Elle ou Helena, uma narração leve, divertida, encantadora, viciante. É Uma leitura rápida, li em 10 horas e quase surtei quando acabou. Foi como quebrar o brinquedo favorito.
Gostei tanto da personalidade, da maturidade, do jeito da Elle que quase virei lésbica literária e ¨crushei ¨ela como meu novo amor literário, só não fiz isso porque apaixonei por todas as faces do John, outro principal e vocalista da Jack Rock, antes mesmo da descrição do personagem. Como não amar um roqueiro!? Depois com o decorrer amei mais ainda. O John é misterioso, com um passado obscuro, quente, engraçado, romântico…e nesse livro ele nem vacila. Olha que Maravilha.
E pra fechar com chave de ouro Chris, o outro envolvido no triângulo amoroso, é muito fofo, super protetor e marrento, é nítido seu amor por Elle. É o melhor amigo dela e de John (sente a treta?!), além de também ser membro da banda.
Os dois, Elle e Chris são amigos desde pequeno, cresceram juntos, até que Chris é expulso de casa e ele e Helena se separam por anos, mas uma tragédia faz eles se encontrarem novamente e a Jack Rock invade a vida da Elle como um tsunami. Rola até um clichezinho ala wattpad patrão e assistente. Adoro.
Os personagens secundários são impagáveis, queria muito que a trilogia virasse série e que todos tivessem um livro também, assim eu teria mais essa turma na minha vida, mas ainda tem os contos e espero que nele tenha a história da Sam irmã do Chris. Apaixonei por ela necessito ler a história dela. Caso não tenha, melhor providenciar, queria falar nada não mas ouvir dizer que deixar leitor na vontade é pior que negar algo a uma grávida…#ficaadica.
Pois é viciei tanto que li os outros dois da trilogia no dia seguinte, e tive a grata surpresa: a trilogia também é quente, tinha notado no primeiro algumas cenas de “eita que a coisa tá é boa,” mas nos outros ui… me apaixonei ainda mais. Pra quem vai ler se prepara não existe a possibilidade de ler só um livro, é vital ler a trilogia Jack Rock completa. E só digo uma coisa é um melhor que o outro e todos igualmente maravilhosos…lá vai eu ficando empolgada e falando dos outros também…
Enfim, quando terminei de ler o livro 1 minha irmã perguntou ¨é bom?¨ eu abracei o livro e respondi “é maravilhoso, incrível¨, tenho certeza que meus olhos brilharam nessa hora…Só tem um defeito que parte meu coração dizer e lamento muito ter que falar…mas o livro acaba. Sim, é como os momentos bons da vida acaba muito rápido e deixa aquela sensação de “e agora? Onde vou achar outro livro tão bom?!”
Eu confesso que demorei para ler o livro porque fiquei com o pé atrás por causa do tal triângulo amoroso, não curto histórias assim, mas ao meu ver o primeiro mais dedicado á Elle. Focado nela em seus anseios, dilemas, novos caminhos, descobertas e como já li os outros posso afirmar, para quem não gosta de triângulos, leia sem medo. Irá te seduzir e deixar de quatro querendo mais de boca aberta em um “Uau”.
Um livro (ou trilogia) magnífico que de forma simples retrata tanta coisa: amor, amizade, sonho, a importância do apoio da família ou dos amigos, dedicação, determinação e tantas outras coisas.
Uma história que ensina que sempre devemos seguir em frente mesmo quando algo terrível acontece, que é quando estamos nos sentindo perdidos e sozinhos que coisas boas acontecem e é quando sabemos como realmente somos fortes… Pensando bem, li o livro inteiro com os olhos brilhando e um sorriso nos lábios. É cativante, bastante humorado, do jeito que eu gosto.
Acho que é nítido que não apenas Elle me ganhou, mas a trilogia Jack Rock inteira e se tornou a minha favorita. Agora necessito tê-la completa na minha estante, preciso abraça o livro Elle- sombras do passado e Elle- amor e redenção. Ouviu/leu autora!? P.R.E.C.I.S.O.

Quero deixar meu obrigada a Aretha por sua história maravilhosa e deseja muito sucesso para ela e que Elle possa encantar e enraizar em muitos corações Brasil a fora.

Por Lih Santos.

Anúncios

Um comentário sobre “[Resenha] Elle – música, amor e amizade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s