Resenha do Jogo Until Dawn

Ficha Técnica:
TítuloUntil Dawn
Gênero: Terror
Desenvolvedora: SuperMassive Games
Distribuidora: Sony
Data de Lançamento: 25/08/2015
Preço Sugerido: $59,99/R$199,90
Plataformas: PlayStation 4

Sinopse:

Em Fevereiro de 2015 nas Montanhas Rochosas (parte da sinopse do jogo é as Montanhas Blackwood), localizado na província de Alberta, no Canadá, os amigos Sam, Mike, Ashley, Chris, Matt, Emily e Jessica passam a noite no chalé da familia de Josh no aniversário do desaparecimento de suas irmãs gêmeas Beth e Hannah, falecem caindo em um penhasco na mesma data de 2014, sem perceberem que estão sendo perseguidos por um psicopata e talvez por alguma coisa ainda pior. Em certos momentos da história, o analista Dr. Hill, realiza consultas com uma figura misteriosa

Ei pessoal, tudo bem? No post de hoje trago a resenha de um jogo, exclusivo da Sony para o Playstation 4: Until Dawn. É um game exclusivo do PlayStation 4 do qual tem como base o enredo de um filme de terror, onde um grupo de dez amigos se reúne em um chalé em uma montanha na cidade de Blackwood Pines, Mount Washington para sua fuga anual de inverno no dia 02 de fevereiro de 2014. Porém nem tudo foi flores, acontece um acidente terrível que abala a todos.  Um ano depois, o grupo de amigos resolvem voltar a cabana e navamente acontece coisas inesperadas…

Until Dawn permite ao jogador controlar todos os oito amigos e tomar decisões enquanto a história avança quase que automaticamente. Uma simples noite na montanha logo se torna um pesadelo com um assassino a solta, fazendo com que a prioridade número um seja sobreviver até o amanhecer. Apesar de inicialmente simples, a trama tende a tomar proporções maiores na medida que você explora a verdade por trás dos panos, criando um ar de suspense e mistério raramente tão bem construído num videogame.Em mais de uma ocasião você se verá tendo que escolher qual dos amigos irá morrer ou mesmo se prefere ver o tempo acabar sem interferir no estilo Jogos Mortais.

Opinião sobre o jogo:

É um jogo composto por personagens típicos adolescentes americanos que só pensam em se divertir e também composto por um enredo altamente clichê e previsível do qual faz o jogador imaginar exatamente o que acontecerá no final. Entretanto, apesar de tudo isso, devemos levar em conta que não se trata de um filme de terror onde as coisas são como são e nada pode ser mudado. O Efeito Borboleta introduzido no sistema de jogabilidade é realmente sério. Cada pequena escolha terá uma consequência, que pode ser tanto boa quanto ruim, mas que apenas o futuro irá dizer. A responsabilidade de suas escolhas pesa até mesmo nas escolhas mais fúteis, como escolher pular de um lugar alto ou descer pela escada, como escolher seguir o caminho seguro ou pegar um atalho. Pequenas decisões como essas também fazem a diferença nas consequências futuras, exatamente como a vida real funciona.

O game é capaz de te deixar curioso e ansioso para descobrir o que aconteceu no passado, o que está acontecendo no presente e o que acontecerá no futuro, te fazendo criar milhares de teorias e te fazendo pensar sobre o destino dos personagens até o amanhecer. A exploração e a atenção aos detalhes são essenciais para a construção dos fatos, portanto, a história é o que prevalece durante o game, temos também gráficos de cair o queixo. As expressões faciais, a riqueza de detalhes do cenário, dos personagens e todo o resto são de espantar qualquer um. Até podemos notar o reflexo nos óculos de um dos personagens, o que eu acho que é um fato que pode resumir o quanto os gráficos são bons e bem trabalhados. E além disso, temos também a construção na personalidade dos personagens, que é algo bastante interessante e original ; onde suas ações afetarão também as relações de tal personagem com outro e também nas suas características pessoais. Ou seja, é explícito o trabalho muito bem feito dos produtores nos pequenos detalhes de tudo que cerca o jogo.

Enfim, esse jogo se tornou um dos meus favoritos, nã estava nem um pouco interessada em comprar, mas como estava em promoção, não resisti, rsrsrs; e hoje não me arrependo, ele virou um dos meus amorzinhos!!!

Então galerinha, por hoje acabou, até a próxima,  beijos!!!

5 livros que você tem que ler

Olá pessoas, como estão? Espero que bem! Para hoje eu separei 5 livros que, em minha opinião, precisam ser lidos. Espero que gostem!!!

O Professor _ Tatiana Amaral

Sinopse: Charlotte Middleton é mimada e infantil. Uma garota rica, cheia de vontades e com um único Resultado de imagem para o professor tatiana amaral
objetivo na vida: ser uma grande escritora. Prestes a se formar com honras em Letras e Literatura, ela se depara com um grande problema: O professor. Seus sonhos são despedaçados quando Alex Frankli resolve reprová-la em seu último semestre. O motivo? Ela não sabe descrever os sentimentos corretos para seus personagens. Em um jogo eletrizante, Alex guiará sua pupila por uma jornada de prazer e intensas emoções, onde aprenderá a fórmula certa para cada sensação.

 

 

 

As Batidas Perdidas do Coração _ Bianca Briones

Continuar lendo

Texto

Você é a pessoa mais linda que eu já vi. Não falo isso pelo seu perfume marcante, nem pelo seu cabelo macio e delicado. Não falo isso pelos seus lábios rosados e nem a sua gargalhada de foca sendo eletrocutada. Você é a melhor alma que eu já conheci, a melhor pessoa que eu já cruzei caminho. Você é perfeita, em todas as suas cores e detalhes. Sim, você é a pessoa mais linda que eu já vi.

 

_Leonardo Souza

Resenha: Perdida

Olá pessoas, como estão? Espero que bem! Para hoje separei pra vocês a resenha do livro “Perdida” da autora Carina Rissi <3. Espero que gostem!!!

 

Perdida - Carina Rissi - #Resenha | OBLOGDAMARI.COM

 

Título Original: Perdida

Autora: Carina Rissi

Páginas: 362

ISBN: 978-85-7686-244-4

Editora: Verus

 

Sinopse:” Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos.

Bom, o livro “Perdida” é o primeiro livro de uma série de quatro e, devo acrescentar, que é  ótimo!

Sofia é uma jovem do século XXI, muito dependente da tecnologia. Após acordar com uma ressaca daquelas, Sofia deixa seu celular cair dentro do vaso sanitário e, mais que depressa, vai atrás de um novo. Sofia só não contava que uma vendedora muito “estranha” a atenderia e lhe venderia um aparelho telefônico que mudaria sua vida. Devo ressaltar que Sofia também é apaixonada por livros, principalmente Orgulho e Preconceito. Continuar lendo