Entrevista: Ale Hart

Fale um pouco de você. Cite alguma mania (se tiver, é claro).

Me chamo Aléxia, estou na casa dos 20 e curso arquitetura e urbanismo, mas acho que teria dado super certo no ramo da linguagem escrita. Amo ler e escrever, e atualmente estou sofrendo de ressaca literária. Desejo conhecer o mundo, ajudar países carentes e aprender a tocar flauta. Por anos fiz ballet e street dance, hoje danço sozinha ouvindo Marcelo Jeneci. Sou palhaça e encontro uma piadinha em tudo que é possível, amo fazer as pessoas sorrir. Gosto de me vestir em frente ao espelho e sou um pouco perfeccionista.

O que mais gosta de fazer?

Ouvir música está no topo da minha lista. Sou uma pessoa muito musical, faço absolutamente tudo ouvindo uma boa música.

Continuar lendo

Resenha: “Eu só queria te dizer…”

Olá pessoas, hoje eu vou falar um pouco do livro “Eu só queria te dizer…”, da autora Ale Hart. Bom, o livro conta a história de Liz, uma jovem de 17 anos que vive se mudando de es…

Fonte: Resenha: “Eu só queria te dizer…”

Resenha: “Eu só queria te dizer…”

Olá pessoas, hoje eu vou falar um pouco do livro “Eu só queria te dizer…”, da autora Ale Hart.

Bom, o livro conta a história de Liz, uma jovem de 17 anos que vive se mudando de estado devido à profissão de seu pai, que é do exército.Eu só queria te dizer... - TERMINADA

Em uma dessas mudanças Liz acaba indo morar em Belo Horizonte, onde acaba conhecendo, de forma cômica, o grande amor de sua vida. Com já havia dito, Liz e Rodolpho (com PH piada interna) acabam se conhecendo quando a mesma bate com a porta do rosto de seu professor (literalmente) sem saber de quem se tratava.

Continuar lendo

Curtas Metragem

Olá pessoas, para hoje eu separei algumas animações curta metragem que valem a pena serem assistidas, espero que gostem!

A Casa de Pequenos Cubinhos

Conta a história de um velhinho que vive solitário em uma cidade inundada. À medida que a água sobe, o senhor eleva sua casa com pequenos tijolos em forma de cubos para se manter fora do nível do lago sobre o qual vive. Então, um dia, seu cachimbo favorito cai e vai parar em um andar mais baixo de onde sua real moradia encontrava-se naquele momento. Muito apegado ao cachimbo, ele decide comprar uma roupa de mergulho e ir atrás dele. Ao mergulhar, passa a reviver toda a história dele, de sua família e, claro, a da casa, cujos vários andares(cerca de 10), agora estão todos submersos, exceto o último.

La Luna

”’La Luna’ é a fábula atemporal de um garoto que está vindo de idade na maioria das circunstâncias peculiares. Hoje, é a primeira vez que o seu pai e o avô o estão levando para o trabalho. Em um velho barco de madeira velha que levam para o alto mar, sem terra à vista, eles param e esperam. Uma grande surpresa aguarda o menino quando ele descobre o tipo incomum de trabalho da sua família. Ele deveria seguir o exemplo de seu pai, ou o seu avô? Será que ele vai ser capaz de encontrar seu próprio caminho em meio a suas opiniões conflitantes?”

Coisa de Pássaros

O curta se passa em cima de uma linha de transmissão e conta a história de um grupo de pássaros que se sentem incomodados com um pássaro de outra espécie, que quer juntar-se a eles. No final, os pequenos pássaros terão muito o que se arrepender por terem sido pouco receptivos.

The Pink Phink

O desenho começa com um homem bigodudo e baixinho pintando uma casa de azul. Então aparece a Pantera Cor-de-Rosa para atrapalhar seus planos, pintando a casa de rosa. Cada vez que o pintor tenta pintar algo de azul, acaba sendo frustrado pela pantera. Até que ele começa a persegui-la com uma espingarda, carregada de tinta rosa sem ele saber, e acaba pintando toda a casa de rosa. De repente, até o céu, o sol e a grama ficam rosa. A Pantera agradece ao pintor, pinta-o de rosa e entra na casa. Ironicamente, quando o desenho termina, o céu fica azul.

Citações

“Quando a possibilidade de um relacionamento entre eles se esfarelou,Emma lutou para se proteger diante da indiferença de Dexter.”

Um dia – David Nicholls

“— Você não é tão chata.

— Sou,sim,Dex.Juro por Deus,eu mesma me acho chata.

— Bom,eu não acho você chata.— Pegou a mão dela.— Você nunca vai ser chata pra mim.Você é uma em um milhão,Em.”

Um dia – David Nicholls

“Decididamente, eu sei ser animada, sei ser amável. Agradável. Afável. E esses são apenas os As. Só não me peça para ser simpática. Simpatia não tem nada a ver comigo.”

A Menina que Roubava Livros

“O único dom que me salva é a distração. Ela preserva minha sanidade.”

A Menina que Roubava Livros

Continuar lendo

Resenha O Quarto de Jack

Oi gente, bom hoje eu vou fazer pra vocês uma resenha de um filme muito bom e que eu indico muito. Vou contar primeiro um pouquinho do filme do meu jeito e depois coloco a sinopse original. Espero que gostem!

 

Aos 17 anos, uma moça chamada Joy foi sequestrada. Os anos passaram e ela teve um filho, que colocou o nome de Jack. Jack é um garoto de 5 anos que cresceu em um mundo imaginário criado por sua Ma (como Jack chama sua mãe), que ela criou para não ter que contar a seu filho que estavam presos. O filme conta a rotina deles e nos emociona mostrando uma história de amor e proteção de uma mãe com seu filho.

 

SINOPSE

 

O Quarto de Jack conta a extraordinária história de Jack, um espirituoso menino de 5 anos que é cuidado por sua amada e devota Ma. Como toda boa mãe, Ma se dedica em manter Jack feliz e seguro, cuidando dele com bondade e amor, e fazendo coisas típicas como brincar e contar histórias. Sua vida, entretanto, é tudo menos normal – eles estão presos – confinados em um espaço de 10 m² sem janelas, o qual Ma chamou eufemisticamente de “O Quarto de Jack”. Ma criou todo um universo para Jack dentro de O Quarto de Jack, e ela não parará por nada para garantir que, mesmo neste ambiente traiçoeiro, Jack seja capaz de viver uma vida completa e satisfatória. Mas, enquanto a curiosidade de Jack sobre a situação em que vivem cresce, e a resiliência de Ma alcança um ponto de ruptura, eles ensaiam um arriscado plano de escape, o que os leva a ficar face-a-face com o que pode ter se tornado a coisa mais assustadora: o mundo real.